Fé e saúde emocional

Por que eu preciso de uma Igreja?
4 de setembro de 2020
Fé e Ciência
14 de outubro de 2020

Temos tido fácil acesso a informações focadas nas doenças e transtornos emocionais. De fato, é de extrema relevância a compreensão correta de como essas disfunções se manifestam, seus sinais e sintomas, assim como os tratamentos médico e psicológico adequados. Buscar a ajuda profissional, quando percebemos os primeiros sinais, pode evitar o desenvolvimento e agravamento de muitas doenças e consequentes prejuízos na vida pessoal, social e profissional. No entanto, podemos desfocar das doenças e girar o nosso foco para a saúde.

O que seria saúde emocional? Todos nós somos seres dotados de emoções. Alegrias, tristezas, medos, raivas, ansiedade, entre outras, fazem parte do nosso complexo natural emocional. Sendo assim, saúde emocional é a capacidade de gerenciarmos nossas emoções diante das exigências a que somos submetidos, sejam cotidianas ou eventuais. A saúde emocional se caracteriza pelo bom manejo das nossas emoções.

Sendo seres criados por Deus, a nossa saúde emocional está completamente vinculada à nossa vida espiritual. Não há saúde emocional sem uma vida espiritual saudável. Somos a imagem e a semelhança de Deus e temos um propósito de vida bíblico bem definido. Isso não exclui sair com amigos, ir à praia, ter um hobby, praticar esportes. Cultivar bons relacionamentos, adquirir conhecimento e ter momentos de lazer são essenciais para saúde. A intimidade com Deus leva-nos à uma nova perspectiva de vida. A superficialidade dá lugar ao propósito Divino revelado nas escrituras sagradas.

Uma espiritualidade equivocada nos rouba a perspectiva bíblica da saúde emocional. Em outras palavras, nos adoece.

A vida não é linear. Existem momentos de tristezas e alegrias; perdas e ganhos; erros e acertos; amor e rejeição; verdades e mentiras; justiças e injustiças. A forma como lidamos com essas situações e sentimentos é transformada à luz da bíblia. A confiança, o perdão, o respeito, os enganos e falhas são mais bem assimilados quando compreendemos quem somos, nossa filiação em Deus Pai, Seu amor, Sua justiça e Sua graça.

Somente através de uma espiritualidade saudável com práticas regulares espirituais tais como leitura da palavra, oração, adoração, meditação nas escrituras e comunhão com os irmãos em Cristo é que amadurecemos emocionalmente. Nos levando a viver a plenitude da vida que Deus nos deu.

No evangelho encontramos o alicerce para uma vida saudável. Encontramos a sabedoria que nos impulsiona a pensamentos e comportamentos saudáveis. Encontramos a boa, perfeita e agradável vontade de Deus para as nossas vidas. E encontramos a paz na Sua soberania e a alegria e satisfação em sua graça.

Gálatas 5.22-23: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei”.

Adriana Goulart, psicóloga e membro da Igreja das Águas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *